Tenha uma boa tarde! Hoje é Quinta, dia 18 de Abril de 2024. Agradecemos sua visita !
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE

👉🙄😱📢🤔🤨📣💵🚀💴💰Magazine Luiza em crise (outra vez)

👉🙄😱📢🤔🤨📣💵🚀💴💰Magazine Luiza em crise (outra vez)
BANNERENCIMAMATERIA
BANNERENCIMAMATERIA
BANNERENCIMAMATERIA

Magazine Luiza em crise (outra vez)

👉🙄😱📢🤔🤨📣💵🚀💴💰Magazine Luiza em crise (outra vez)

Fundadores de gigante dos games irritaram-se com a varejista
Ações em queda influenciaram o humor de parceiro do Magalu | Foto: Reprodução

O Magazine Luiza tomou a dianteira da crise que envolve ela própria, o banco Itaú e os fundadores do site de comércio eletrônico KaBuM!, informou Bruno Meyer, colunista da Revista Oeste

A varejista tem blindado Leandro e Thiago Ramos, do KaBuM!, desde que os irmãos iniciaram um processo contra o Itaú, com a alegação de que a instituição financeira favoreceu o Magalu na compra do site, em detrimento de outros interessados, como a Havan.

Da família Trajano até as paredes da empresa, todos sabem que a fúria dos irmãos está centrada num quesito: a queda avassaladora das ações da empresa de Luiza Helena Trajano em menos de dois anos.

Em julho de 2021, quando era um queridinho da Bolsa de Valores, o Magazine Luiza anunciou aos quatro ventos que acabara de fechar a maior aquisição da história: a compra do KaBuM!, no valor de R$ 1 bilhão em dinheiro e mais R$ 125 milhões em ações da varejista, que voava com cotações superiores a R$ 23.

O negócio poderia valer, nas condições da época, R$ 3,5 bilhões. O desapontamento dos irmãos iniciou-se ainda em 2021, quando as ações do Magazine Luiza começaram a desabar.

Na última semana, mais pesadelo: depois de uma quarta-feira com quedas de mais de 10%, a ação derreteu para R$ 3,15, na quinta-feira 2.

No último dia de janeiro, os fundadores do site voltado para gamers e à comunidade geek e um dos precursores em esportes eletrônicos do país entraram com a ação no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Querem e-mails e mensagens do banco em tudo que se refere às sondagens de potenciais compradores, como a varejista catarinense de Luciano Hang.

Em resposta à coluna, o Itaú contesta e diz que os acionistas do KaBuM! estavam “absolutamente cientes de que poderia haver flutuação de valores no mercado acionário”, diz o banco, em nota.

“Lamentamos a existência de uma ação judicial sem fundamento e que tem, aparentemente, o único objetivo de causar constrangimento.”

 


 

PRONTO FALEI!!!


👉✍👍 Se não está no Portilho…. 🚀Não está no mundo 🌍🚀”.

 

Por: José Maria Portilho Borges (Jornalista)- MTB: 18.144/MG.

ANUNCIOBAIXO
VISITAS NESTA MATERIA: 1023 E O TOTAL DE VISITAS NA MATERIA

*** Contagem Em Constante Atualização ! ***



O site portilho.online não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários, e reserva-se no direito de rejeitar comentários em desacordo com o propósito do site !

2 Comentarios

Enviar Comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ADS
ADS
ADS