Tenha uma boa tarde! Hoje é Quinta, dia 25 de Fevereiro de 2021. Agradecemos sua visita !
ANUNCIOS TOPO SITE
CDC
CDC
CDC
CDC
CDC
CDC
ANUNCIOS TOPO SITE
CDC
ANUNCIOS TOPO SITE

👉👊👍👏😱🧐👁👀AO VIVO E A CORES “Prefeito Deiró Marra cobra dívida do governador Romeu Zema ao vivo em entrevista coletiva”

👉👊👍👏😱🧐👁👀AO VIVO E A CORES “Prefeito Deiró Marra cobra dívida do governador Romeu Zema ao vivo em entrevista coletiva”

Depois de ter sumido por mais de 15 dias e com suspeita de que estava em isolamento por ter-se infectado pela COVID 19 o chefe do executivo patrocinense Deiró Marra reapareceu nesta ultima segunda-feira, dia 22 para um bate papo com a imprensa local.

Dos quase 30 minutos de “coletiva” o prefeito usou boa parte do tempo, ou seja, usou 19 dos 27 minutos pra justificar todas as ações empreendidas do setor da saúde. Inicialmente o prefeito meio que confirmou sua contaminação (suspeita) pela COVID 19 quando disse ter necessitado dos cuidados médico do profissional Dr. Pedro, responsável pela administração do Pronto Socorro, em seguida, Deiró falou das dificuldades financeira que vêm passando o município tendo somente à ajuda financeira do governo federal, diferente a inércia do governo do Estado para cuidar da COVID 19.

QUASE R$ 600 MIL PARA MANUTENÇÃO DO HOSPITAL DE CAMPANHA.

Ainda sobre a pandemia o atual gestor falou dos gastos com o Hospital de Campanha que tem custado aos cofres mais de meio milhão de reais, só com a sua manutenção. Ainda na “coletiva” o prefeito aproveitou para alfinetar o governador Romeu Zema sobre uma dívida que o Estado tem com o município de 20 milhões, antes disse que o município recebeu dos cofres da União R$ 15 milhões de reais para o tratamento da COVID 19.

“Eu faço questão de dizer, duas coisas que nos chama atenção, pra que todos vocês em especial aqueles que nos assistem né e que nos ouvem possam entender desse momento da pandemia aqui na nossa cidade, nós temos um cuidado muito grande, no ano passado nós recebemos e investimos nesse gasto, nessas despesas correntes e na preparação de tudo isso, nós recebemos da União Federal mais de quinze milhões de reais com verbas para o COVID, esse recurso nós disponibilizamos diretamente para a folha, equipamentos, pra compra de novos equipamentos, enfim, para a montagem dessa estrutura, todos esses valores inclusive, hoje já terminados, prestado conta, inclusive ao próprio Ministério para que possamos receber mais. Nós temos cobrado do estado, o estado tá omisso, aqui quero fazer uma cobrança pessoal ao nosso governador Romeu Zema, inclusive que esse vídeo possa até chegar a ele, porque eu tenho certeza que talvez não esteja sendo informado e nós precisamos do seu apoio aqui governador Romeu Zema.

O estado nos deve hoje mais de vinte milhões de reais com débitos atrasados da saúde, e que com certeza esses recursos hoje na nossa cidade estaria fazendo a grande diferença na manutenção e às vezes até na ampliação deste hospital de campanha que nós temos aí como proposta. Esses recursos em atraso são já cobrados, já anunciados, já pedidos, vamos dizer assim, mas é importante governador Romeu Zema que realmente nesse momento o senhor possa colocar também essa disponibilização para que a gente possa ter mais recursos para a COVID, eu faço questão de dizer isso, porque no ano passado quando o recurso federal que veio destinado para a COVID chegou nesta soma, nós não recebemos mais que cento e cinquenta mil reais em específico para o tratamento de COVID via estado, então o governo federal tem mandado recursos, esse ano não recebemos nada em Janeiro e Fevereiro dos recursos, estamos aguardando, para que a gente possa ter também esses recursos federais, mas o nosso grande empenho nesse momento, inclusive já estamos noticiando o secretário de saúde do Estado e ao governador para que possa realmente disponibilizar esses recursos que nós temos em atraso para a saúde, para que possamos ter se não esse, mas outros recursos para a COVID, porque como eu disse, nós abrimos um hospital de campanha para tocarmos a nossa capacidade em Patrocínio, um gasto de mais de seiscentos mil reais por mês, num momento em que o município não tem sequer as atividades econômicas é muito difícil pra nós segurarmos isso, esta onda sozinhos, então precisamos realmente do atendimento, precisamos realmente do compromisso do governo de Minas de nos ajudar nessa empreitada e temos ciência, temos certeza de que tão logo nós mostramos isso pro governador ele vai ter consciência para nos ajudar nessa empreitada.

“Ao final da “coletiva” o prefeito prometeu rever o decreto, que hora está vigente, e que será revisto diariamente pelo comitê da COVID 19 na cidade quanto ao seu relaxamento, isso de acordo com o que for apurado nos números da COVID 19 na cidade” disse Deiró Marra.
Por:  * Humberto Correia

ADS
ADS
VISITAS NESTA MATERIA: 751 E O TOTAL DE VISITAS NA MATERIA

*** Contagem Em Constante Atualização ! ***

O site portilho.online não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários, e reserva-se no direito de rejeitar comentários em desacordo com o propósito do site !

6 Comentarios

  1. NOBRES E Plebeus

    E nem vai pagar. Os salários do executivos estão sendo parcelado há 6 anos. O 13 salario não foi pago integralmente. Segundo zema o Estado não tem dinheiro. Mas não falta dinheiro para outras classes Elitistas….sacou ai. São os NOBRES E OS PLEBEUS. duas classes distintas em Minas pregada pelo NOVO.

    Reply

Enviar Comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *