Tenha um bom dia! Hoje é Quinta, dia 01 de Dezembro de 2022. Agradecemos sua visita !
ULTIMAS NOTICIAS
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE
ANUNCIOS TOPO SITE

👉💣🚀🚨📢🚓🚔1⃣3⃣⏲🏆👏👍👊⚖Bolsonaro recebeu comandantes militares no Palácio da Alvorada, em Brasília

👉💣🚀🚨📢🚓🚔1⃣3⃣⏲🏆👏👍👊⚖Bolsonaro recebeu comandantes militares no Palácio da Alvorada, em Brasília
BANNERENCIMAMATERIA
BANNERENCIMAMATERIA
BANNERENCIMAMATERIA
BANNERENCIMAMATERIA

REUTERS/Adriano Machado

Leonardo Ribbeiroda CNN 

Ouvir notícia

Numa reunião que durou duas horas nesta quinta-feira (24), no Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro (PL) ouviu dos comandantes da Marinha, Exército e Força Aérea de que é preciso um sinal mais claro do chefe do Executivo aos eleitores que insistem em fazer vigílias na frente de quartéis, com demandas inconstitucionais, como pedido de intervenção militar.

CNN apurou que os comandantes das três forças são unânimes no posicionamento de que tais movimentos são inócuos. Dois deles teriam acrescentado que “não têm base legal”.

E mais: estariam gerado problemas de segurança e discussões internas dentro das corporações. Uma vez que, segundo fonte que participou do encontro, militares inconformados com o resultado das urnas estariam fomentando os protestos, com a participação de parentes e amigos.

Bolsonaro teria ouvido, sem concordar ou discordar. No entanto, numa segunda parte da conversa, o presidente deu abertura para que Marinha, Exército e Força Aérea colaborem com a transição do governo. Inclusive passando a compor, a partir da próxima semana, equipe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) que coordenará a atuação dos militares na posse presidencial.

Ao Exército, por meio do 1° Regimento de Cavalaria de Guardas – Dragões da Independência -, caberá a condução do cerimonial militar. O presidente eleito será escoltado pela tropa à cavalo e pelos Dragões à pé na chegada ao Congresso Nacional e na subida da rampa do Palácio do Planalto.

No mesmo sentido, o presidente autorizou a Força Aérea a iniciar as tratativas para segurança do espaço aéreo no dia da posse. E a Marinha o preparo das honras a chefes de Estado no Itamaraty.

Na reunião não foram tratadas questões de protocolo civil, como troca de faixa, discursos, eventos paralelos, etc. Isso ficará a cargo do grupo da transição coordenado pela futura primeira-dama, Rosângela da Silva, juntamente com o Embaixador Fernando Igreja e as equipes de cerimonial dos poderes envolvidos.

ADS
ADS
ADS
ADS
VISITAS NESTA MATERIA: 505 E O TOTAL DE VISITAS NA MATERIA

*** Contagem Em Constante Atualização ! ***

O site portilho.online não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários, e reserva-se no direito de rejeitar comentários em desacordo com o propósito do site !

1 Comentario

  1. Mequetrefe

    Xô fala prós patriotas, cês tão sendo usados,Bolsonaro sabe que perdeu, também perdeu o foro privilegiado ele não quer ser preso,quer anistia,quem tiver memória vai lembrar q o último debate ele perguntou aí Lula c me a anisti?ANTONCÊ ENQUANTO CÊS FAIZ BADERNA ELE TEM UM MEIO DE NEGOCIAR A ANISTIA, DAÍ ELE FALA PROS CÊS,MEUS PATRIOTAS CONTINUEM LUTANDO POR PÁTRIA, FAMÍLIA ,DEUS EU ESTOU TRISTINHO MAsS PERDI,VOLTEM PFA CASA PARA LUTAR POR A PÁTRIA, FAMÍLIA ,ORAR A DEUS DE VERDADE

    Reply

Enviar Comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *